fbpx
28 ago 2018

Porque a minha empresa deve ter um site

A internet hoje é o segundo meio de comunicação mais utilizado, ficando atrás apenas da televisão (e com grande chance de ultrapassar). Dados do IBGE apontam que mais de 50% dos brasileiros utilizam a internet como principal meio de comunicação e informação. O número de usuários aumentou comparado aos anos 2000 a 2010, o crescimento foi de 1.418,9%.Uma empresa que pretende atingir todas as classes sociais, necessita investir na criação de um site, seja no formato de um blog, institucional ou e-commerce, como uma forma de divulgar o seu negócio, atrair o seu potencial consumidor e torná-lo efetivamente um cliente, independente do lugar que ela estiver no momento. Quem ainda não tem uma presença online, está perdendo oportunidades no mundo de negócios. Muitos empreendedores podem pensar “Preciso de um site para minha empresa” para integrar seus negócios com o espaço virtual. Muitos têm conhecimento da sua importância, mas não sabem como devem agir. Confira alguns tópicos abaixo e entenda porque é importante ter um site para sua empresa.

 

1. Confiança na Empresa

Desenvolver um site para sua empresa (seu negócio) possibilita que ela tenha maior credibilidade perante o seu público-alvo, garantindo que os clientes notem o seu esforço e dedicação em possuir um relacionamento próximo, também no ambiente virtual. Isto proporcionará inúmeras vantagens que ajudarão a instituição a lembrar do porquê ter um site.

Com um site criado e sempre atualizado, sua empresa passa a dar, ainda mais, uma imagem profissional para os consumidores, uma vez que a página na web possui informações relevantes a esses clientes, que consequentemente, exaltam a reputação positiva da empresa para seus compradores. A credibilidade começa a ser criada por diversas formas, seja pela importância que a empresa atribui aos clientes, ou até mesmo, aos conteúdos informados em sua página oficial.

 

2. Presença online 24 horas por Dia

Ter um negócio físico possui suas regras específicas em relação ao funcionamento e horário comercial, ao contrário de um negócio online. Em um site ou loja virtual, a empresa está acessível para o cliente no momento em que ele desejar, oferecendo maior autonomia ao consumidor e eliminando problemas do cotidiano, como trânsito e tempo de deslocamento. Com isso, a presença online está ativa 24 horas por dia, tornando possível absorver o maior números de consumidores ao mesmo tempo e em horários diferenciados. Mesmo com um site institucional, seu cliente poderá ter informações relevantes de seu produto ou serviço, tais como horário de funcionamento, serviços prestados, preços, etc.

Quando uma empresa tem a oportunidade de exibir seus produtos e serviços para os consumidores, ela certamente estará em constante “divulgação”, como uma espécie de “vitrine” automática, funcionando como protagonista, e quando aliada ao uso do marketing digital, servirá como ferramenta ideal para a expensão do seu negócio e obter excelentes resultados no espaço virtual, destacando a importância do “site para minha empresa”.

3. Ser encontrado na Internet e Conquistar Novos Consumidores

Como empreendedor, você pode ter sua empresa física e também mantê-la ativa online. Como dito acima, é muito importante que o seu cliente tenha a possibilidade de te encontrar no momento em que ele precisar. Com a enorme quantidade de informações disponíveis na internet, quando o consumidor possui uma dúvida sobre um produto ou serviço que necessita, realiza diversas pesquisas e encontra variadas opções de empresas e negócios que oferecem o que ele precisa. Por esta razão, é de grande importância que você tenha não apenas um site, mas um site otimizado para buscadores, como o Google.

Além disso, um site apresenta infinitas possibilidades de alcançar novos clientes para seu negócio, e para que isto ocorra, exiba para seu público-alvo o maior número de informações sobre seus produtos e serviços, o seu campo de atuação, para que de fato sejam interessantes e despertem a leitura dos públicos. É com detalhe das informações que o Google, por exemplo, utiliza para localizar um site, de acordo com as palavras que uma determinada pessoa digitar para pesquisar.

O site veio para trazer novos modos para a conquistar consumidores, que antes se limitava a ações locais, e agora pode atingir pessoas de diversas partes do mundo. Por meio da página na web, é possível manter um contato com uma pessoa do mesmo bairro, mas também de outro lado do continente. Essas medidas contribuem para o aumento de vendas na empresa, tornando-se alternativas.

 

4. Valorizar e Fortalecer sua Marca no Mercado

Através de um website, além de poder oferecer um produto ou serviço, sua empresa também pode oferecer conteúdos com dicas e informações relacionadas ao mercado, sobre o produtos e até mesmo sobre os clientes. Sua marca será vista não apenas do ponto de vista comercial, mas como um canal de informação sobre o mercado em que atua. Além do mais, realizando um estudo sobre o público alvo, as informações podem ser direcionadas para todos os perfis de consumidores da marca.

Esta deve ser considerada uma das formas de construir uma identidade para a empresa, mostrando ao consumidor o seu potencial e o seu conhecimento sobre o seu negócio, gerando credibilidade e se posicionando como autoridade no assunto. Dessa maneira, fica mais fácil para o consumidor definir qual empresa escolher no momento da compra. Que tal fazer um blog com conteúdos relacionados ao seu serviço e, com isso, atrair mais visitantes e potenciais clientes para o seu site? É uma ótima dica!

 

5. Contato com o Público-alvo nas Redes Sociais e Gerar Novos negócios

O conteúdo de um site deve contar necessariamente com os produtos e serviços oferecidos pela empresa, mas não significa (e não se restringe) que deva excluir outras formas de divulgação, como, por exemplo, as redes sociais, que são fundamentais para o crescimento dos negócios no espaço virtual.

As redes sociais trouxeram diversas facilidades e ótimos benefícios não somente para os usuários, mas também para as organizações, que agora possuem outras maneiras de fidelizarem seus clientes, mantendo-se próximos. Contar com um perfil nas plataformas virtuais “obriga”, de certa forma, a marca a pensar em conteúdos que sejam realmente relevantes para o consumidor, que o façam adquirir seus produtos e serviços, aumentando o número de consumidores potenciais. Portanto, utilize o site como um cartão de visita no espaço virtual.

Para além das redes sociais, após fixar a sua presença online, é o momento de pensar em estratégias para transformar o seu visitante em consumidor final. Além da otimização do site para buscadores (como o Google), é importante direcionar o cliente para a venda.

A utilização de conteúdos educativos, também é uma ótima maneira de atrair potenciais consumidores. Para otimizar esse processo, você pode se utilizar de landing pages que garantem as conversões necessárias para a saúde do seu site e do seu negócio. Além das dicas citadas acima, é de extrema importância que o site da sua empresa seja responsivo, ou seja, acessível de qualquer plataforma, seja um desktop, notebook ou smartphone. Sites responsivos são aqueles que adaptam o tamanho das suas páginas (alteração do layout) ao tamanho das telas que estão sendo exibidos. Suas vantagens derivam da adaptação a qualquer ferramenta que os usuários estejam usando para facilitar a sua visualização.

Share this
02 ago 2018

Como fazer um blog? Guia para o blogueiro iniciante

O objetivo deste post é ajudá-lo como fazer um blog, a começar o caminho certo. Descobrimos que muitas pessoas cometem erros ao iniciar um blog, às vezes resultando no completo abandono do projeto. Nós não queremos que isso aconteça. Existe uma série de fatos sobre como fazer um blog ter sucesso, ganhar visitas e monetizá-lo. O artigo vai dar algumas dicas para quem está começando agora (ou está migrando de plataforma) e para quem já tem, para poder incrementá-lo e torná-lo mais atrativo aos leitores e, consequentemente, mais lucrativo.

 

Conheça as plataformas de blog oferecidas pelo mercado

Hoje quando se fala em criação de blog, existem duas saídas: a gratuita e a paga. Na versão gratuita, existem duas plataformas muito popular e utilizadas, a WordPress.com e a Blogger (e o Tumblr logo atrás). Ambas oferecem praticamente as mesmas funcionalidades, mas quando você desejar sair destas plataformas, o Blogger é o mais engessado. Nestas duas opções você não paga para hospedar o seu blog, e ele fica em um endereço (subdomínio da plataforma) como http://meublog.wordpress.com ou http://meublog.blogger.com.

A versão indicada é a paga, mas aqui tem um detalhe: você vai pagar pela empresa que hospedará o seu blog e não pela plataforma. Quando escolher a plataforma, sugerimos o uso do WordPress, mas não a citada anteriormente e sim o sistema open source. Você pode fazer o download dos arquivos e instalar em seu servidor. A parte boa é que muitas empresas de hospedagem possuem a opção de você solicitar a instalação do WordPress para você, facilitando muito a sua vida.

 

Escolha a plataforma de blog certa (indicamos o WordPress)

Definido o assunto e escolhendo o tipo de hospedagem, você precisará escolher sua plataforma de blogs. Faça isso antes mesmo de começar a se preocupar com que aparência seu blog irá ficar. Há muitas opções no mercado para escolher, tanto para opções de hospedagem grátis como para hospedagem paga, como o WordPress, Tumblr, Blogger e muito mais…

Porém, dado que atualmente existem mais de 72 milhões de usuários ativos usando o WordPress, é claro qual plataforma é o chefe. Inúmeros blogs e sites são criados com a plataforma de blogs do WordPress, pois além de ser grátis, oferecem uma enorme gama de recursos para você personalizar. Aqui está o porquê:

  • é GRÁTIS para todos usarem (incluindo vários temas, layouts e complementos (plugins) que muitas outras plataformas de blogs não oferecem).
  • é ALTAMENTE customizável. Existem centenas de temas e plugins gratuitos que adicionam mais funcionalidades ao seu blog, desde caixas de contatos e assinaturas até plugins que melhoram a performance do blog e muito mais.
  • é FÁCIL de configurar. Quando você escolhe uma hospedagem paga e registra o seu domínio, a maioria dos planos de hospedagem oferecem o instalador automático de aplicativos, e isso inclui o WordPress.
  • é SEGURO, pois o WordPress está sempre atualizando seu software e mantendo seguro, então raramente há uma preocupação de ter seu blog sob ataques de hackers. Não é àtoa que o Facebook, a NASA e até mesmo blogs universitários estejam usando o WordPress.
  • é ALTAMENTE customizável. Existem centenas de temas e plugins gratuitos que adicionam mais funcionalidades ao seu blog, desde caixas de contatos e assinaturas até plugins que melhoram a performance do blog e muito mais.

Por mais que as outras plataformas de blogs geralmente são, geralmente, consideradas boas, nada chegou perto de combinar as opções de liberdade e personalização que o WordPress oferece. Então, sem dúvida, vá com o WordPress, será a melhor escolha. Especialmente quando você está apenas começando.

 

Passos Para Criar um Blog

Basicamente, siga os seguintes passos para criar um blog de sucesso e ter sua ideia na internet:

  1. Escolha um assunto do seu interesse;
  2. Defina se você irá utilizar uma hospedagem paga ou uma versão de blog gratuita
  3. Registre um nome de domínio e hospedagem (para hospedagem paga)
  4. Escolha uma plataforma de blogs
  5. Execute a criação através do local escolhido
  6. Defina um tema visual para o seu blog
  7. Comece a publicar conteúdos.

 

Criação de Conteúdo

Na Internet podemos dizer que conteúdo é tudo e, claro, o mesmo vale para os blogs! A coisa mais importante que você pode fazer no seu blog é escrever artigos de qualidade. Para isto, você precisa pesquisar no mercado quais são os assuntos mais populares e mais interessantes para a sua audiência. Além disso, existem ainda outras formas de você conseguir aumentar muito o volume de produção de conteúdo para o seu blog, através do uso de recursos externos, como agências de conteúdo ou freelancers, integração com redes sociais, etc.

 

Imagens e Vídeos no Blog?

Uma questão extremamente importante é anexar ao seu artigo imagens e vídeos sempre que possível, pois é agradável ler uma matéria e ver um vídeo ou foto relacionado a ela. Se seus artigos forem mal feitos os visitantes podem até chegar ao seu blog mas dificilmente irão retornar (ou podem até nem fazer a leitura do conteúdo), com isso você não conseguirá recomendações de outros blogs e sites de qualidade, que por sinal são parte da estratégia de SEO.

 

Faça Diferente do que já Existe

A maioria das pessoas acham que é impossível fazer sucesso com um blog voltado para uma área muito explorada como por exemplo, tecnologia, viagens ou informática. Ao invés de pensar em como concorrer com os blogs grandes do mercado, utiliza bastante de sua criatividade, e aí sim será possível fazer o seu blog aparecer nas pesquisas dos buscadores e bater alguns “concorrentes” de peso.

Existem diversos modelos de análises para mapear a concorrência, os pontos positivos e negativos de seu blog. Um modelo muito adotado em publicidade e marketing é a análise SWOT. Esta análise irá lhe ajudar a identificar quais áreas você pode ou deve explorar melhor para ter sucesso e visibilidade na internet. Outro caminho muito interessante (e bastante utilizado) é o de criar um produto digital alinhado ao que o seu blog possui de conteúdo. Assim você consegue monetizar muito bem e ao mesmo tempo criar um negócio.

 

Fuja de plataformas grátis

Sem dúvida, você precisa hospedar seu blog. Observe os blogs famosos e bem sucedidos que você conhece, e veja se está usando um site de blogs gratuito como “seublog.wordpress.com” em vez de seu próprio nome de domínio como “MeuBlog.com.br”, por exemplo?

Além disso, as plataformas de blogs gratuitas também têm outros problemas que podem dificultar que seu blog tenha mais visibilidade ou até outros motivos, como:

  • você não controla seu conteúdo: a plataforma de blogs gratuitas poderiam fechar a qualquer momento, e por qualquer motivo;
  • o endereço da web do seu blog será longo e difícil de lembrar (como seublog.blogspot.com) em vez de um endereço cativante e de marca escolhido por você;
  • você não tem permissão para anunciar na maioria das plataformas de blogs gratuitas, tornando muito mais difícil ganhar dinheiro com blogs;
  • limitação ou até mesmo falta de melhores customizações, como templates e plugins que melhoram muito um blog, possibilitando torná-lo responsivo, ou seja, adaptável a qualquer tamanho de tela, integração com redes sociais e muitas outras opções que somente uma plataforma paga (hospedagem do site + o registro do domínio) podem oferecer.

Sendo assim, nossa sugestão é começar com um blog autônomo em seu próprio domínio desde o primeiro dia. Configurar um blog como este é mais fácil e menos caro do que você pensa.

 

Encontre um nome de domínio e provedor de hospedagem na web

Agora, a melhor parte e a mais emocionante! Para configurar um blog autônomo em seu próprio nome de domínio, você precisará de duas coisas primordiais:

  • Nome de domínio – Este será o seu endereço de blog pessoal onde as pessoas o encontrarão todas as vezes. Por exemplo, nosso domínio é www.HostFlix.com.br. O seu novo nome de domínio do blog será www.seu-blog.com.br, exceto que você escolherá o que estará por trás do Seu-Blog.
  • Hospedagem de site – Este será o lar do seu domínio, o local onde as páginas e conteúdo que está no blog serão armazenados. Sem hospedagem na web (ou hospedagem de site), você não poderá usar seu domínio. Pense nisso como um disco rígido do computador que armazena todo o seu conteúdo em seu blog (imagens, postagens de blog e assim por diante). O custo da hospedagem de sites que pode atender perfeitamente é o Plano SIMPLES, com um custo baixo de R$ 3,75 por mês, com o primeiro mês GRÁTIS.

É menos do que um cafezinho expresso , então não vai quebrar o banco, sem apertar seu orçamento. Mas é um investimento importante para o sucesso do seu blog.

Veja aqui como instalar o WordPress em seu site, através do no Painel de controle cPanel.

Share this

© 2018 HostFlix | Todos os direitos reservados!

Click Me